Sabe o que há em comum entre grandes chefs de cozinha e churrasqueiros de final de semana? Ambos são apaixonados por carne e cada um carrega a sua característica própria de preparo. A arte de assar churrasco requer certas habilidades que só se consegue com o tempo. Por isso, se você planeja acender a churrasqueira em breve, verifique essas dicas de especialistas de chefs e mestres especializados para garantir suas carnes preparadas com perfeição.

Não deixe para acender a churrasqueira em cima da hora

Acenda com certa antecedência de levar a carne à grelha, para que o fogo tenha tempo de queimar e o calor fique bom e uniforme. Isso impedirá queimar a carne em uma esteira de chamas quentes.

Outro fator muito importante é o que vai preferir utilizar como combustível. Caso você não vá utilizar churrasqueira a gás ou elétrica, muitos defendem a madeira em vez do carvão pelo sabor que confere. No caso de madeiras, o recomendável é utilizar as mais suaves, para não sobrepujar o sabor de carnes, como de porco e de frango.

A escolha correta das carnes é fundamental

A qualidade da carne que você prepara pode fazer toda a diferença. Especialistas apontam que carne de qualidade superior com mais marmoreio significa que o corte ficará mais macio e saboroso. Já a carne bovina alimentada com grãos tende a ter um sabor ligeiramente mais cremoso e rico, além de poder suportar um leve cozimento excessivo.

Quanto ao preparo, um bife suculento pode ser um verdadeiro deleite de churrasco. Por isso é recomendável a selagem reversa em cortes maiores, pois é o método adequado de cozinhar em fogo baixo até que a proteína esteja 90% da temperatura desejada e, em seguida, terminar na grelha em alta temperatura.

Um truque aqui, uma dica ali, sempre tem algo novo para aprender

Vamos combinar: quando você queima os ossos de um Prime rib ou um T bone, está dando uma de amador. Ossos pretos e quebradiços podem aniquilar o sabor da sua carne grelhada. O que fazer? Embrulhe esses ossos em papel alumínio, mesmo que para assar uma costela de machadinha. Aí, basta remover o papel alumínio no final do cozimento para dar um pouco de cor.

Outro ponto importante é lembrar aos iniciantes em churrasco que pensem em untar as grelhas com óleo antes de acendê-las que essa não é a melhor prática. A última coisa que você quer é que a carne grude na grelha, mas lembre-se de que adicionar óleo onde não é necessário pode ser prejudicial também. A maioria dos cortes de cordeiro, por exemplo, não exigirá gordura adicional. E um hambúrguer bem-feito também terá teor de gordura suficiente para não necessitar de óleo, assim como a carne de porco e a maioria dos cortes de bovinos. Uma fina camada de óleo na comida já é o suficiente para reter a umidade e prejudicar o processo de cozimento. Além do que, uma churrasqueira pingando óleo torna-se um grande perigo de incêndio.

A Versia existe para inspirar e transformar ambientes de casa a partir de uma ampla e versátil seleção de utilidades domésticas premium que aliam beleza, desempenho e funcionalidade. Visite nosso site. Estamos à sua espera.

Deixe uma resposta

Talvez você goste também
Todos os artigos carregados.
Sem mais artigos para carregar.